Câmara de Fortaleza aprova Igrejas e Templos como serviços essenciais

IGREJA AGORA É ESSENCIAL

Aprovado o projeto, que reconhece atividade religiosa como atividade essencial em Fortaleza! Igrejas não podem ficar impedidas de funcionar a ponto de prejudicar atividades que marcaram a solidariedade na pandemia: distribuição de cestas básicas e de remédios, atendimento ao aflito com pensamentos suicidas, apoio emocional, aconselhamentos pastorais e cultos religiosos! O projeto prevê o protocolo que a igreja deve obedecer para evitar contaminações sem deixar de exercer sua atividade que é ESSENCIAL!

Projeto dos vereadores Ronaldo Martins e Priscila Costa

 

Redação Fonte Viva